domingo, 10 de junho de 2012

SAIBA

Meu coração não é um desenho na areia.
Que se faz, se desfaz e refaz.
É feito de pedacinhos de emoção.
Pulsa carinho.
E você desconsiderou.
Chegou com seu olhar fulminante.





Se apossou sem permissão.
Depois o dilacerou.
E sozinho ficando.
Ele sangrou...
Mesmo despedaçado...
Sussurra: _TE AMO!!

Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias