sexta-feira, 15 de junho de 2012

SOMENTE EU



Às vezes fico em meu casulo.
Quero silenciar, minha alma.
Pensar...
Refletir...
Meditar...
Só.
Quando retorno ao meu habitat.
Sinto a serenidade.
Fluindo do meu espírito, alma e coração.
Pode o mundo acabar.
A Paz está comigo.
Somente EU existo!!!




Inacelita


0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias