quarta-feira, 3 de maio de 2017

ADEUS BELCHIOR


Cabelo ao vento.
Sorriso no rosto.
Olhar marcante.
Perfil luminoso.
Nosso cantor passarinho.
Voava de galho em galho.
Espalhando sua arte.
Com significativa clareza
e riqueza de sabedoria.
E irá seguir um vasto
caminho por seus seguidores.
Pois tudo que é valioso
se torna infinito.
Vai no tempo.
Tempo, tempo, tempo, tempo!

Obrigado Belchior

Inacelita Damasceno
Publicado por Inacelita Damasceno em 03/05/2017
Código do texto: T5988788
Recanto das Letras

quarta-feira, 27 de julho de 2016

AVANTE SEM MEDO DE SER FELIZ



Vamos com nossos lenços
Nossas bandeiras
Nossa banda
Nossa coragem
Nosso tudo
Para revolução da Igualdade
Para nossa Liberdade
Avante
Sem medo de ser feliz

Inacelita Damasceno

Outras poesias