segunda-feira, 1 de agosto de 2011

MINHA ALMA

Pétalas brancas.

São cores visíveis ao olhar.

Mas, ao penetrar

o jardim de minha alma.

Só vejo, pétalas vermelhas.



Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias