sexta-feira, 5 de julho de 2013

NATUREZA DIVINA



Olhando essa maravilha
Onde não tem o dedo do homem
Avalia-se o quão somos pequenos
Insignificantes seres vivos
Imponentes SEM valor
Mas, ainda há tempo de APERCEBER-NOS


Inacelita Damasceno

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias