segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

GALOPE


Galopeando vão em bando.
Parecendo procissão.
Linda visão.
Romantismo.
Bravura.
Candura.
Sinto o coração a disparar.
A correnteza dessa disparada.
Lindas éguas bravas, destemidas.
Guerreiras, voando seu destino.
Galopando o passo libertino!!!

Inacelita

Outras poesias