segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O ENCONTRO

Não gosto de promessas.
Da fascinação do mistério
das palavras.
Nos confundem...
Traz esperança...
Que podem ser interpretadas,
de maneira indizível.
Gosto da existência dos véus,
que envolvem a alma.
Numa unção de caricias.
Onde as mãos
cálidas encontrem,
outras mãos para juntos,
SEGUIREM!!!

Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias