terça-feira, 12 de julho de 2011

AI QUE SAUDADE DE VOCÊ



Saudade é dor 
Sem fronteiras.
Lembranças sem fim.
Não tem cura.
É indestrutível.
A mais intensa.
Cruel.
Atroz.
Dolorosa...
Etc, etc, etc...

Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias