sexta-feira, 27 de maio de 2011

LEOA


Essa mulher, 

De leveza angelical.

Traz na alma,

Um furacão, que emerge

Da cabeça aos pés.

A brasa que queima,

Enfurecida, qual 

Uma leoa!!!



Inacelita







0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias