sábado, 21 de maio de 2011

BATUCA





Bate pandeiro, no teu coração.

Canta o pulsar,

Da minha canção.

Fiz pra te acolher,

Nos recanto, dos

Meus braços.

Chega ligeiro.

Vem, me

Batucar...



Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias