sábado, 8 de junho de 2013

VOAR...




 A alma voa
Como pássaro
Que precisa se libertar

Viaja nas profundezas
Do mais ignorado
E improvável Universo

Desconhecido ao Ser
Inabalável a tudo
Ao seu redor

APENAS VOA


Inacelita D

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias