segunda-feira, 28 de novembro de 2011

CIÚME



Se um dia fui escrava 
desse sentimento.
Hoje me excluo.
Me nego a tê-lo, 
até em pensamento...
Confio plenamente e me entrego.
Mergulho em teus braços.
Me afogo sem medo!!!


Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias