segunda-feira, 20 de junho de 2011

ECLIPSE LUNAR



Lua cheia...
Toda iluminada.
Vem chegando de mansinho.
Aquela manchinha vem.
De repente...
Toma conta de teu clarão.
Vai crescendo, crescendo...
Crescendo.
Até ficar escuridão.


Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias