quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

OUSADIA


Voa, minha doce liberdade.

Onde, minha mente alcançar.

Voa, voa...

Voa!!!

Me leva.


Inacelita

0 comentários:

Postar um comentário

Outras poesias